Site Overlay

A uma semana da Copa América, Brasil registra 66 mil novos casos de coronavírus

No domingo 13 de junho, às 18 h, a seleção brasileira entra em campo contra a Venezuela na abertura da Copa América. Neste sábado (5), a oito dias da abertura do evento, o Brasil registrou 66.017 novos casos de coronavírus, completando 16,9 milhões de contaminados, de acordo com Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Nas últimas 24 horas, 1.689 brasileiros morreram em decorrência da contaminação por coronavírus. Agora, são 472.531 óbitos por covid-19. Desse total, 718 mortes ocorreram no estado de São Paulo, que já registra 114.192 falecimentos pela doença.

Os estados que vão sediar a Copa América são Rio de Janeiro, Distrito Federal, Mato Grosso e Goiás, que registraram 3.093, 912, 1.148 e 1.453 novos casos confirmados, somente neste sábado, respectivamente. Ao todo, são 6.606 novos contaminados.

Morreram 203 pessoas nesses estados, no registro das últimas 24 horas feito pelo Conass. Os fluminenses registraram 89 óbitos; goianos, 53; brasilienses, 24; e mato-grossenses, 37.

Aglomeração

Levantamento feito pelo jornal O Globo, mostra que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) provocou 84 aglomerações desde o início da pandemia de covid-19. Em média, a cada 5,3 dias o mandatário gera uma concentração de pessoas.

Desse total, Bolsonaro utilizou máscaras em apenas três eventos. As aglomerações foram provocadas em 70 viagens oficiais e manifestações em Brasília. O jornal informou, ainda, que não contabilizou eventos, solenidades e reuniões com autoridades.

Edição: Mauro Ramos