Site Overlay

Airbnb proíbe festas em alojamentos em todo o mundo

Em nome da saúde pública, a plataforma Airbnb decidiu tomar esta decisão que “permanecerá em vigor indefinidamente”.

A Airbnb emitiu um comunicado nesta quinta-feira informando que aplicou uma “proibição mundial”. A restrição abrange “todos os tipos de festas e eventos nos alojamentos anunciados na plataforma, além de estipular uma ocupação máxima de 16 hóspedes por alojamento”.

“Esta proibição”, esclarece a plataforma, “aplica-se a todas as futuras reservas na plataforma Airbnb, e permanecerá em vigor indefinidamente até nova determinação”.

Com a “implementação de uma proibição global de festas e eventos nos alojamentos anunciados na plataforma”, a Airbnb acredita que está contribuindo para a manutenção da “saúde pública”. 

De acordo com o balanço mundial mais recente da pandemia, feito pela agência AFP, o novo coronavírus já causou a morte de pelo menos 787.918 pessoas e infectou mais de 22 milhões em todo o mundo, desde dezembro, em 196 países e territórios. Deste total, pelo menos, 14.102.900 casos foram já considerados curados pelas autoridades de saúde.

Os Estados Unidos são o país mais afetado em termos de mortes e casos, com 173.193 óbitos para 5.530.247 casos, de acordo com um balanço da Universidade Johns Hopkins. Pelo menos 1.925.049 pessoas foram declaradas curadas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Brasil com 111.100 mortes e 3.456.652 casos, México com 58.481 mortes (537.031 casos), Índia com 53.866 mortes (2.836.925 casos) e Reino Unido com 41.397 mortes (321.098 casos).

Entre os países mais afetados, a Bélgica é o que lamenta mais mortos em relação à sua população, com 86 mortes por 100.000 habitantes, seguida do Peru (81), Espanha (62), Reino Unido (61) e Itália (59).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *