Site Overlay

Escritora Carolina Maria de Jesus ganha título de doutora | Cultura

O Conselho Universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Consuni/UFRJ) concedeu, nesta quinta-feira (25) o título póstumo de doutora honoris causa para a escritora Carolina Maria de Jesus, que faleceu em 1977.

A titulação, que significa “por causa de honra”, reconhece aquelas personalidades com destaque na sociedade por suas virtudes e atitudes, independentemente da instrução educacional. Os agraciados com o título passam a ser reconhecidos igualmente àqueles que concluíram um doutorado acadêmico.

Quarto de despejo

A obra mais famosa de Carolina Maria de Jesus é “Quarto de Despejo: Diário de uma Favelada”. Sucesso de público e de crítica, a obra é considerada uma dos mais importantes do Brasil. Em 2020, o livro completou 20 anos desde a sua publicação. O título vendeu mais de 1 milhão de cópias e foi publicado em mais de 40 países.

Nele, em formato de diário, a autora mineira narra como garantia a própria sobrevivência e dos três filhos trabalhando como catadora de papéis e, também, o cotidiano na favela do Canindé, em São Paulo.

Ao chegar à capital paulista, em 1937, a escritora experimenta o impacto da cidade grande. Foi empregada doméstica, catadora de papel e criou sozinha seus três filhos. Apesar da frieza de São Paulo, é no meio urbano que ela encontra espaço para ter seus escritos publicados na forma de livros.

:: Carolina de Jesus: escritora que traduziu em palavras uma realidade incômoda ::

Repercussão

Nas redes sociais, a novidade foi comemorada. A deputada federal Renata Souza (Psol-RJ), celebrou: “É Doutora Honoris Causa pela UFRJ, nossa escritora preta e favelada Carolina Maria de Jesus”. E também relatou que ouviu “de uma figura que sua obra não era literatura por ser uma escrita ingênua, um diário. Perguntei qual seria a diferença entre sua escrita e o Diário de Anne Frank”. 

Manuela D’Ávila, do PCdoB, também comemorou. “Viva Carolina de Jesus. Símbolo de aplausos, a escritora brasileira recebeu o título de Doutora Honoris Causa pelo Conselho Universitário da UFRJ. Uma linda homenagem para a mulher que marcou tanto nossa história”, afirmou em sua página no Twitter. 

Na mesma linha, a deputada estadual Dani Monteiro (Psol-RJ), também celebrou a conquista nas redes sociais. “Que seu Quarto de Despejo, Diário de uma Favelada sejam leituras obrigatórias na reconstrução deste país tão desigual. Que mais favelados conquistem esse título, que a gente sempre lute pela reparação, justiça e que a gente passe a reconhecer potências ainda enquanto vivem. Viva a Doutora Carolina Maria de Jesus!”

Edição: Rodrigo Durão Coelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *