Site Overlay

Família é acusada de matar segurança de loja que exigiu uso de máscara

Três pessoas da mesma família estão sendo acusadas de assassinar um segurança de uma loja

Sharmel Teague foi às compras com a filha, numa loja em Flint, no estado de Michigan, quando foi alertada pelo segurança, Calvin Munerlyn, de que a menina teria que usar máscara para permanecer dentro do estabelecimento.

A indicação não foi bem recebida por parte da mulher, que acabou entrando numa discussão com o segurança do local. 

De acordo com as autoridades, citadas pela Sky News, a mulher teria cuspido no segurança e saído rapidamente do estabelecimento.

Vinte minutos depois, de acordo com testemunhas, a mulher voltou à loja acompanhada do filho e do marido, e atiraram no segurança.

Sharmel Teague, de 45 anos, Larry teague, de 45, e Ramonye Bishop, de 23, estãos sendo acusados de homicídio premeditado.

O segurança, pai de oito filhos, acabou morrendo num hospital local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *