Site Overlay

Festival Demarcação Já reúne Gil, Chico César e Criolo em defesa da causa indígena

Ocorre nesta segunda-feira (1º), a partir das 21h30, o Festival Demarcação Já Remix. Além de celebrar os 456 anos do Rio de Janeiro, o evento destinará toda a renda arrecadada para a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB). No decorrer das apresentações, o público poderá contribuir com qualquer quantia, por meio de um QR Code.

Durante uma live que deve durar aproximadamente duas horas na página da APIB, o público terá acesso a depoimentos, vídeos e apresentações de artistas como Gilberto Gil, Chico César, Criolo, Felipe Cordeiro, Dona Onete, Letícia Sabatella, Sônia Guadalajara, DJ MAM, Coral Guarani Tenonderã, Oskar Metsavaht, Denilson Baniwa, Batman Zavareze, Carol Santana, Djuena Tikuna, entre outros nomes. 

Saiba mais: Vitórias dos povos indígenas no STF fortalecem o direito à demarcação de terras

Gilberto Gil, inclusive, irá apresentar a canção “Aquele Abraço” e lançar o videoclipe da música “Do Guarani ao Guaraná”, uma parceria com Lenine, DJ MAM, Rodrigo Sha e o Coral Guarani Tenonderã.

Leia também: Militares já ocupam quase 60% das coordenações regionais da Funai na Amazônia Legal

Apesar de algumas apresentações começarem apenas às 21h30, a partir das 14h, na página do Centro de Referência da Música Carioca Artur da Távola no Facebook, acontece uma conversa entre o DJ MAM, o compositor Carlos Rennó e Claudio Rocha Miranda, coordenador do palco de música eletrônica do Rock in Rio, que conversam sobre os desafios e os objetivos do festival.

Além de destinar a renda arrecadada para a APIB, o evento tem como objetivo fortalecer a luta dos povos indígenas no Brasil, principalmente devido aos problemas enfrentados diante da pandemia de covid-19 e aos ataques do governo de Jair Bolsonaro

 

Edição: Rebeca Cavalcante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *