Site Overlay

Gabarito da reaplicação do Enem 2020 será divulgado nesta segunda-feira (1º)

O gabarito das provas de reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio 2020 (Enem), realizadas nos dias 23 e 24 de fevereiro, será liberado nesta segunda-feira (1º), junto com o Caderno de Questões, na Página do Participante. O resultado oficial, no entanto, será divulgado somente no dia 29 de março. 

Reaplicação

Participaram da reaplicação os estudantes que faltaram o exame na chamada inicial devido a doenças infectocontagiosas, como o novo coronavírus; jovens privados de liberdade; além de localidades em que as provas não foram aplicadas por conta do recrudescimento da pandemia de covid-19, caso do estado do Amazonas e dos municípios de Espigão D’Oeste e Rolim de Moura, ambos em Rondônia. Leia mais: Repórter do Brasil de Fato faz prova do Enem e conta o que viu

Também participaram da reaplicação os candidatos que não conseguiram fazer o exame nos outros dias devido a problemas relacionados à aplicação da prova por parte do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).  Leia mais: Enem no escuro: queda de energia prejudicou e aglomerou candidatos em Pernambuco

Durante a realização da versão impressa do Enem 2020, que foi aplicada nos dias 17 e 24 de janeiro, houve problemas de organização, como os diversos casos de estudantes que não puderam fazer as provas porque os locais de prova já estavam lotados. 

Bagunça

A primeira etapa foi marcada por aglomerações e desrespeito às normas sanitárias para prevenir a disseminação da covid-19. Denúncias nas redes sociais de estudantes e entidades mostraram que o distanciamento social não foi respeitado, com relatos de mesas muito próximas, falta de álcool em gel e salas que não tinham sequer janelas. Leia mais: Estudantes da rede pública contam por que faltaram ao Enem; abstenção foi de 51,5%

A versão impressa teve uma taxa de abstenção recorde que variou entre 55% e 60% nos dois dias. Nas provas digitais, realizadas nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro, o índice chegou a aproximadamente 70%.

Edição: Daniel Lamir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *