Site Overlay

Mais de 211 mil mortos e mais de três milhões de infectados no mundo

A AFP alerta que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do número real de infecções, já que um grande número de países testa apenas os casos que requerem atendimento hospitalar

Apandemia de covid-19 já ultrapassou os três milhões de infectados, matou mais de 211 mil pessoas em todo o mundo desde que surgiu em dezembro na China, segundo um balanço da AFP na manhã desta terça-feira (8). De acordo com os dados da agência de notícias francesa, a partir de dados oficiais, foram registrados 211.185 mortos e mais de 3.030.340 infectados em 193 países.

Pelo menos 832 mil pessoas foram consideradas curadas pelas autoridades de saúde.

Os Estados Unidos, que registraram a primeira morte ligada ao coronavírus no final de fevereiro, lideram em número de mortos e casos, com 56.253 e 988.469, respectivamente.

Pelo menos 111.583 pessoas foram declaradas curadas pelas autoridades de saúde nos Estados Unidos.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são Itália, com 26.977 mortos e 199.414 casos, Espanha com 23.822 mortos (210.773 casos), França com 23.293 óbitos (165.842 casos) e Reino Unido com 21.092 mortos (157.149 casos).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau), onde a epidemia começou no final de dezembro, contabilizou 82.836 casos (seis novos entre segunda-feira e hoje), incluindo 4.633 mortos (nenhuma nova) e 77.555 curados.

Até às 11:00 de hoje, a Europa totalizou 126.975 mortos para 1.405.311 casos, os Estados Unidos e Canadá 59.034 mortos (1.036.698 casos), a América Latina e Caribe 8.897 mortos (177.829 casos), a Ásia 8.221 mortos (208.754 casos), no Médio Oriente 6.482 mortos (160.477 casos), na África 1.466 mortos (33.140 casos) e na Oceânia 110 mortos (8.037 casos).

A AFP alerta que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do número real de infecções, já que um grande número de países testa apenas os casos que requerem atendimento hospitalar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *