Site Overlay

Prefeitura do Rio de Janeiro prorroga medidas de isolamento social contra covid-19 até agosto

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou nesta sexta-feira (23) a prorrogação de medidas de isolamento para conter a disseminação do novo coronavírus no município. Em comunicado, a Prefeitura justificou que os casos de covid-19 continuam em queda, mas o risco de contaminação ainda é alto.

Com isso, fica proibido até 9 de agosto o funcionamento de boates, danceterias e salões de dança. Também está vetada a realização de festas que necessitem de autorização transitória, em áreas públicas e particulares.

Leia mais: Eduardo Paes afirma que Rio terá Réveillon e Carnaval em 2022

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde do Rio, até a última quinta-feira (22) a capital registrou mais de 174 mil casos de covid-19. Destes, mais de 30 mil casos foram considerados como graves. As mortes decorrentes da doença causada pelo coronavírus na capital fluminense chegam a 10.768 desde o início da pandemia, em março do ano passado.

Pela manhã, o secretário municipal de saúde do Rio, Daniel Soranz, afirmou que a variante delta da covid, considerada de mais transmissão mais rápida, deverá se tornar a cepa predominante na cidade, como vem ocorrendo em outros países. Ele disse ter a expectativa de que a delta, contudo, seja menos letal.

Leia também: Com 76,2% dos casos, Rio de Janeiro é o estado com maior número de registros da variante Delta

Até o final do dia de ontem, o Rio havia aplicado 5.159.696 vacinas contra a covid. A expectativa da Prefeitura do Rio é que toda a população adulta (a partir de 18 anos) esteja vacinada até o fim de outubro.

Fonte: BdF Rio de Janeiro

Edição: Eduardo Miranda